PARTILHAR
SAIBA MAIS SOBRE

O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

3 formas de poupar dinheiro em tempos de inflação alta

Saber como poupar dinheiro é uma aptidão importante. Afinal, a economia é cíclica e isso significa que a tempos de estabilidade e crescimento económico, sucedem-se momentos de queda da atividade económica em que as nossas poupanças são uma ajuda importante. 

Tudo indica que estamos a entrar numa conjuntura de baixo crescimento económico. De acordo com o INE, em julho de 2022 a taxa de inflação foi estimada em 9,1%. Há décadas que a inflação alta não se fazia sentir de forma tão premente e contínua. 

Como é de esperar, a inflação alta afeta negativamente o poder de compra e o custo de vida. Os preços de bens e serviços aumentam, os salários muitas vezes não acompanham essas alterações e as taxas de juro sobem, entre elas, a taxa Euribor

Muitos portugueses estão preocupados com a inflação, com a subida da taxa Euribor e querem poupar dinheiro. A boa notícia é que com uma gestão sensata dos recursos e ganhando hábitos de poupança, isso é possível. 

Em seguida, sugerimos três hábitos a implementar na sua vida e que podem ajudar a contrariar os efeitos concretos da inflação alta. 

1. Faça orçamentos mensais de forma a poupar dinheiro 

Fazer um orçamento familiar/pessoal mensal é uma excelente ferramenta para planear, gerir e controlar as despesas e os ganhos. E isso é importante, pois só poderá controlar os seus gastos se os conhecer e os souber antecipar. 

A fórmula não pode ser mais simples: de um lado o que ganha, do outro as despesas que tem. 

Se a soma da primeira coluna for menor do que a soma da segunda, não só não está a poupar dinheiro, como está a gastar mais do que tem. Nesse cenário, é fundamental agir de forma a reduzir os gastos. 

Planifique as despesas: se sabe que vai ter uma despesa extra no próximo mês, procure reduzir as deste mês. Passe ao ponto que se segue e saiba como pode poupar dinheiro na vida do dia a dia. 

2. Tente reduzir nos custos que mais aumentam com a inflação alta 

A subida da inflação manifesta-se no aumento dos preços dos bens e serviços. Perante isto, a atitude mais correta é adotar um comportamento menos consumista e mais moderado. 

Mas como? Em seguida, apresentamos algumas estratégias para poupar dinheiro em diferentes contextos: 

No supermercado 
- Organize-se. Planeie as refeições e faça uma lista de compras a partir daí. Assim, não só poderá aproveitar os descontos semanais que muitos supermercados oferecem, como evitará o desperdício alimentar. 

- Conheça o mercado. Os preços dos produtos variam de supermercado para supermercado. Faça as contas. Pode descobrir que lhe compense fazer as compras em diferentes locais. 

- Opte pelas marcas “brancas” e dê uso aos cupões de desconto dos supermercados. 

- Evite o desperdício. Mantenha uma boa despensa, mas não cozinhe mais do que o necessário. 

Em casa 
- Analise o mercado. Relativamente à eletricidade e ao gás, existem em Portugal dois mercados: o livre e o regulado. Entenda os conceitos e veja se compensa mudar. 

- Habitue-se a poupar energia e água em casa. Há comportamentos muito simples e que podem fazer a diferença nas faturas mensais. Ligar apenas as luzes da divisão em que se encontra e reduzir o tempo dos duches são duas boas formas de poupar. 

- Hoje em dia, as nossas cozinhas estão apetrechadas de diversos eletrodomésticos. Saiba como os utilizar da forma mais eficiente. Já agora, sabia que o Seguro Casa da Tranquilidade tem uma cobertura de assistência a eletrodomésticos, a partir da qual pode solicitar a ida de um técnico a sua casa, para os reparar, até duas vezes por ano? 

- Adira à tarifa bi-horária e cumpra-a.

Seguro Casa Tranquilidade

DESDE 30€/ANO 

  • Acesso a vários tipos de assistência: animais domésticos, digital, eletrodomésticos, viatura para mudanças;
  • Desconto na compra conjunta do seguro de casa mais recheio;
  • Participe o sinistro online de forma simples e rápida, nós avaliamos os danos por vídeo;
  • Se receber a documentação por email não paga o custo da apólice.

Seguro Casa

Nos transportes: 
- Evite usar o carro, sobretudo na cidade. Sempre que puder ande a pé, de bicicleta ou de transportes públicos. Além de ser bom para a sua carteira e saúde, estará a participar ativamente na proteção do ambiente. Se tem receio de se cansar ou tem uma agenda muito apertada, pode sempre usar uma bicicleta ou trotinete elétrica para chegar rapidamente ao destino. Seja prudente na condução, mas viaje tranquilo sabendo que o seguro Bicicleta e Trotinete pode protegê-lo a si e ao seu veículo. 

- Na impossibilidade de evitar a utilização do carro, partilhe-o com colegas e/ou amigos. 

- Conduza de forma inteligente, para poupar combustível, o seu carro e o próprio planeta

Nos bens e serviços: 
- Na hora de ir às compras, questione-se: “o que quero ou o que preciso?”. Ou seja, será que precisa mesmo de mais um par de sandálias, ou daquela gravata de seda? Se tem tendência para ser consumista, antes de comprar algum bem ou produto pergunte-se se ele é realmente indispensável. 

- Tem mais do que uma plataforma de streaming? E tem tempo para ver conteúdos de todas? Experimente cortar uma. Talvez nem lhe faça assim tanta falta. 

- Janta fora com regularidade? Pode substituir algumas refeições fora de casa por momentos sociais noutros ambientes menos dispendiosos, como a sua casa ou a dos seus amigos. 

E, quando disponibilizar a sua casa, não precisa de arcar com todas as despesas. É cada vez mais comum esse tipo de refeições, nas quais cada convidado também contribui com iguarias. Desta forma, o dono da casa oferece o espaço e o prato principal, por exemplo, e os convidados levam o vinho, as entradas e/ou as sobremesas. Além de poder ser uma solução mais económica, pode também permitir dar asas à criatividade gastronómica, experimentando pratos novos ou dando um toque pessoal a uma receita. 

- Todos temos direito a férias e devemos descansar, mas até aí podemos poupar dinheiro. Procure fazer férias cá dentro, em sítios menos populares, mas igualmente bonitos. Esteja atento às promoções e tente evitar as épocas altas. 

3. Habitue-se a pôr dinheiro de lado 

Controlar os gastos dia a dia é importante, mas poupar também significa amealhar. Pode fazê-lo de uma forma mais caseira ou, se tiver possibilidade, de forma mais ambiciosa. Eis como:  

Poupe todos os dias 
Faça uso da “técnica do mealheiro”. Se no final do dia puser de lado as moedas que lhe sobram, ao fim de um ano poderá ficar surpreendido com o que poupou. Ainda que lhe pareça pouco, o que teria se não fizesse essa poupança? Zero. 

Outra dica: se no final do mês não lhe sobra dinheiro nenhum para pôr de lado, experimente ao contrário – poupe logo no início do mês.  

Tem poupanças aplicadas? Proteja-as 
Procure produtos que protejam as suas poupanças e que possuam uma taxa de risco reduzida. Com a Tranquilidade Investimento Protegido, no mínimo 90% do capital investido está garantido, e a partir do 6.º ano do contrato pode fazer resgate sem encargos. 

A subida abrupta da inflação, juntamente com outras circunstâncias (guerra na Ucrânia e a subida da taxa Euribor), têm provocado uma subida generalizada dos preços. É possível que esta situação não se altere nos próximos tempos. 

É importante aprender a poupar para, no mínimo, anular a subida da inflação. Neste cenário, a última coisa de que precisa é de despesas extra decorrentes de danos em casa provocados por inundações, roubos ou problemas elétricos. Felizmente, o Seguro Casa da Tranquilidade pode protegê-lo desses e de outros riscos. Nada como saber o seu lar protegido para ter mais capacidade para enfrentar os desafios da vida. 

SAIBA MAIS SOBRE
PARTILHAR
saiba quanto paga o seu carro de iuc

SEGURO AUTO

Segure o seu carro com tranquilidade

Saber mais
vidatranquila horizontal

IUC: SAIBA QUANTO PAGA O SEU CARRO E COMO TRATAR DO PAGAMENTO

Saber mais
saiba quanto paga o seu carro de iuc e como tratar do pagamento