PARTILHAR
SAIBA MAIS SOBRE

O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Tudo o que precisa de saber sobre um seguro de saúde

Os termos usados num seguro de saúde confundem-no? Ao subscrever uma apólice deste tipo deve saber o que significa cada palavra. Só assim poderá optar por uma solução que sirva as suas necessidades e as da sua família. Por isso mesmo, traduzimos para português corrente o que quer dizer cada um dos termos mais usados num seguro de saúde.

 

 

A apólice do seguro de saúde é o conjunto de documentos que titulam o contrato celebrado entre a seguradora e o tomador do seguro, e que inclui as respetivas Condições Gerais, Especiais e Particulares, bem como as Atas Adicionais ao contrato.

 

 

O tomador do seguro é o responsável pela apólice, bem como pelo seu pagamento. A pessoa segura é quem beneficia do seguro de saúde. A pessoa segura e o tomador podem ser o mesmo indivíduo. E a mesma apólice de saúde pode contemplar várias pessoas seguras (por exemplo, toda a sua família).

 

 

O prémio do seguro de saúde é o valor que terá de pagar para ter acesso às suas coberturas. Este valor a pagar depende da idade, sexo, hábitos de vida e historial clínico das pessoas seguras. O prémio é sempre anual, mas pode ser pago, além de anualmente, de forma mensal, trimestral ou semestral.

 

O capital seguro corresponde ao valor máximo que a seguradora se compromete a pagar pelos tratamentos, consultas e restantes atos médicos.

 

Exemplo
Se a sua apólice tiver um capital de 25.000€ e a fatura de uma hospitalização for de 50.000€, o seguro só pagará 25.000€. Por isso, é muito importante que adapte o capital seguro às suas necessidades.

O período de carência corresponde ao período de tempo entre a subscrição do seguro de saúde e o momento em que pode usar os seus serviços. Normalmente, este período de carência não se aplica a acidentes, mas apenas a doenças.

A rede de prestadores inclui todos os hospitais, centros clínicos, médicos, centros de diagnóstico, tratamento e análise com um acordo com o seguro de saúde. É preferível que se dirija a uma destas entidades em caso de necessidade. Além de não precisar de adiantar, na sua totalidade, o valor do ato médico, as formalidades administrativas serão mais rápidas e reduzidas.

Deve analisar esta rede com toda a atenção ao escolher um seguro de saúde. Verifique se a sua área de residência está coberta e se tem todas as especialidades de que, eventualmente, precisará. A rede do Seguro AdvanceCare Saúde Individual é uma das maiores do país.

A rede AdvanceCare tem mais de 20.000 prestadores em Portugal e 30.000 em Espanha.

Quando está prevista uma intervenção cirúrgica, um parto ou qualquer outro ato de valor elevado, é necessário que a seguradora emita um termo de responsabilidade. É um documento que deve ser apresentado na unidade hospitalar, antes da realização do ato clínico ou do internamento. Ficará então esclarecido que pagamentos decorrentes da intervenção estarão a cargo do seguro de saúde.

Como usar o seguro de saúde
Sempre que for a uma consulta ou fizer um exame ou tratamento dentro da rede convencionada, terá de pagar um valor estipulado de acordo com as condições do contrato. É o chamado copagamento, a percentagem do custo do ato médico que ficará a seu cargo.

Há situações em que terá de adiantar o valor da consulta ou tratamento. Se estiver a usar os serviços fora da rede convencionada de prestadores, por exemplo. Para ser ressarcido desse valor, deve enviar a fatura do ato médico para a seguradora e ela procederá ao seu reembolso: a transferência do valor que fica a cargo do seguro de saúde.

A AdvanceCare disponibiliza o portal de cliente e a app myAdvanceCare, que permite submeter os pedidos de reembolsos online e acompanhar o estado destes processos e pré-autorizações.

As coberturas do seguro de saúde
Ambulatório engloba os atos médicos que não implicam um internamento: consultas, urgências, análises, exames e fisioterapia. Alguns seguros limitam o número de consultas a que poderá aceder por ano. Por isso é tão importante a escolha do seguro de saúde correto.

Todos os atos médicos que requerem um internamento são considerados uma hospitalização. O seu seguro de saúde vai permitir-lhe usar os serviços de cada unidade hospitalar da rede convencionada até ao limite imposto pelo capital da sua apólice. No entanto esta hospitalização também poderá ocorrer fora da rede convencionada, sendo que neste caso terá de suportar uma parte das despesas (copagamento).

Onde posso encontrar os prestadores - hospitais e centros médicos - a que devo recorrer? A resposta está à distância de um clique com a opção de pesquisa da AdvanceCare.

Se precisar dos serviços de oftalmologia e de estomatologia é importante garantir que a sua apólice inclui as coberturas de próteses e ortóteses, para poder adquirir, por exemplo, óculos e lentes e aparelhos dentários.

Há doenças que, pelo seu risco para a saúde e qualidade de vida das pessoas e elevada taxa de prevalência, são alvo de uma proteção extra. São as chamadas doenças graves.

Quando um diagnóstico tem um impacto significativo na vida de uma pessoa segura deve ser confirmado por um outro médico. Assim, verifique se a sua apólice contempla uma segunda opinião por um outro especialista.

SAIBA MAIS SOBRE
PARTILHAR
o-que-precisa-de-saber-sobre-o-seguro-de-saude-1

Seguro AdvanceCare Saúde Individual

Muito mais do que um seguro de saúde

Saber Mais
Vida-Tranquila-Vertical-Logo

Como escolher o melhor seguro de saúde

Saber Mais
o-que-precisa-de-saber-sobre-o-seguro-de-saude-2