PARTILHAR

SAIBA MAIS SOBRE


O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Como complementar a sua rotina de fitness com a corrida

Descobrir uma rotina de fitness que se adapte às suas necessidades pessoais, tempo disponível, orçamento e objetivos, pode não ser simples. Muitos desportistas dedicados de todas as idades têm vindo a descobrir que a prática de corrida é um excelente complemento de, praticamente, todos os regimes de fitness, podendo inclusivamente melhorar os seus resultados. 

Correr é uma das formas de exercício mais primordiais que existem, proporcionando um treino completo para o corpo e mente. Acalma o estado mental e funciona como antidepressivo, controlando o stress e a ansiedade. 

Francisca, praticante de corrida em Lisboa, não podia estar mais de acordo. «Após anos de diferentes exercícios – Zumba, treinos em circuito, ciclismo e caminhadas – estava à procura de um novo desafio e queria saber se podia tornar-me uma “corredora”». 

«Ao início foi difícil, mas, quando se começa a sentir a euforia da corrida, é impossível desistir», refere. «Continuo a praticar corrida porque me proporciona uma sensação de bem-estar e me liberta do stress e das preocupações». 

Como a Francisca descobriu, correr ajuda a reduzir as hormonas do stress no organismo (cortisol e adrenalina) e a produzir endorfinas, que atuam como um analgésico natural e melhoram o humor (são elas as responsáveis pelo sentimento de euforia produzido durante a corrida).  

Quando se corre, também há libertação de serotonina, conhecida como “a molécula da felicidade”. Por isso, mesmo que não melhore o seu recorde pessoal, continuará a beneficiar da felicidade e do relaxamento mental que a corrida lhe proporciona. 

Seguro Atividades Desportivas

Se não para quieto, jogue pelo seguro. Federado ou amador, a Tranquilidade proporciona-lhe a prática de desporto em segurança.
seguro atividades desportivas

Para além de ser uma excelente ferramenta de concentração mental e alívio do stress, como pode a corrida complementar a sua rotina de fitness?  

Ioga: A prática de corrida pode melhorar consideravelmente o seu ioga, pois ajuda a controlar a respiração (essencial para o ioga e formas de exercício comparáveis, como o pilates), a passada e a postura. A corrida pode ajudar a aumentar a resistência, até durante os alongamentos e a recuperação, aumentando a eficácia do ioga baseado na recuperação. 

O ioga também pode ajudar na corrida. Trata-se de um treino fantástico para todo o corpo, que promove a recuperação ativa, bem como a flexibilidade e a postura. Em particular, o ioga ajuda a ativar os músculos das costas, melhorando a eficiência das passadas de um corredor. 

Exercícios de barra: Os exercícios de barra, inspirados no ballet, no ioga e no pilates, são frequentemente utilizados para melhorar a força, agilidade e flexibilidade, promovendo o correto alinhamento do corpo. Correr é um excelente complemento aos exercícios de barra, uma vez que se concentra no alinhamento correto dos pés, bem como na força dos pés e das pernas.  

Os exercícios de barra também se centram no controlo da postura e da respiração, que podem ser trabalhados durante a corrida.  

Remo: Muitos remadores referem dificuldades em manter o controlo do “core” e da respiração quando a intensidade aumenta. As corridas de longa distância podem ajudar, uma vez que aumentam a resistência e melhoram a força mental e o controlo da respiração necessários para o remo. Promovem também uma boa postura, flexibilidade e a força dos músculos abdominais. 

As duas atividades também se complementam no que respeita ao trabalho das diferentes áreas do corpo: o remo trabalha os músculos da barriga da perna, os músculos posteriores da coxa e o “core”, enquanto a corrida pode melhorar o ritmo e o dinamismo.  

Escalada e caminhadas: Caminhadas de montanha, escalada ou trekking são excelentes formas de fazer exercício físico na natureza, e correr pode ajudar a desenvolver a força e a resistência necessárias. Calçar os ténis e correr numa área montanhosa – ou mesmo jogar com a inclinação da passadeira – pode resultar em grandes melhorias na velocidade durante as subidas, pois trabalha os grupos musculares das pernas. 

Para os mais ousados, os sprints colina acima podem ajudar a conseguir elevar mais os joelhos – essencial para as subidas mais difíceis – e aumentar a confiança para os próximos desafios. 

Treino de força: A corrida pode complementar o treino de força, alongando os músculos das coxas e da barriga das pernas e fortalecendo o “core”, promovendo uma postura correta e controlo da respiração. Ao proporcionar o alongamento de todo o sistema musculoesquelético do corpo, diminuirá os tempos de recuperação no treino de força, ao mesmo tempo que aumentará a força e a resistência de sessão para sessão. 

HIIT: O treino intervalado de alta intensidade, ou HIIT, é uma das melhores formas de treinar o corpo inteiro, mas incorporar a corrida na sua rotina de treino pode proporcionar grandes melhorias.  

Correr é uma das formas de exercício mais primordiais que existem, proporcionando um treino completo para o corpo e mente.


A variedade é importante para qualquer rotina de fitness. Tal como acontece com a alimentação ou o estilo de vida, o exercício físico precisa de ser equilibrado, por isso, quaisquer que sejam as suas atividades preferidas de fitness, correr será um excelente complemento para melhorar o foco mental, a força e a resistência. E, ainda melhor, tudo o que precisa é de um pouco de motivação e de um par de ténis de corrida.  

Se a variedade é importante, a segurança não o é menos. Consulte o seu médico antes de iniciar uma prática de exercício regular ou de aumentar a carga desportiva no seu dia a dia. E faça exercício tranquilo, sabendo que o Seguro de Atividades Desportivas da Tranquilidade também protege quem pratica atividades desportivas como amador. 

SAIBA MAIS SOBRE


PARTILHAR

seguro vida mais protect

SEGURO VIDA MAIS PLANO PROTEÇÃO

Garanta um futuro protegido

Saber Mais
vidatranquila horizontal

SINTOMAS DO CANCRO QUE PODEM AJUDAR NO DIAGNÓSTICO

Saber Mais
seguro-de-vida-e-seguro-de-saude-as-diferencas-no-apoio-em-caso-de-cancro-2