PARTILHAR

SAIBA MAIS SOBRE


O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

5 Sinais de que anda a fazer exercício físico em excesso

O excesso de exercício físico acontece e pode ser prejudicial. Enquanto algumas pessoas se esforçam por encontrar motivação, outras têm dificuldade em deixar o corpo descansar devidamente depois de praticarem uma atividade física. 

Quer seja um apaixonado pelo fitness ou um amador, pode ter dificuldade em encontrar um ponto de equilíbrio que seja benéfico para o corpo e para a mente, correndo o risco de estar treinar demasiado. Pressionamo-nos tanto a nível físico e emocional para fazer exercício, que muitas vezes abusamos do treino e do corpo – cérebro incluído. 

Será que demasiado entusiasmo pelo exercício pode ter um efeito adverso no corpo? Especialistas sugerem que o exercício excessivo pode provocar danos nos músculos do coração e dar origem a falência cardíaca.   

O papel das redes sociais no excesso de exercício físico 

Durante os confinamentos, fomos muitas vezes motivados para a prática de exercício através de influencers e de amigos que seguíamos em diferentes apps. Estas fontes de inspiração podem transformar-se em fontes de pressão negativa e prejudicial, conduzindo-nos a um treino excessivo ou com determinada intensidade ou frequência. 

Quantos de nós já se sentiram ansiosos ou desmotivados ao receber mais uma notificação a dizer que um amigo correu 10 km e bateu o seu recorde pessoal? 

Como decidir que chegou o momento de ajustar a nossa atitude em relação ao exercício físico? Saiba mais sobre os cinco sinais de treino excessivo e siga as sugestões para procurar o equilíbrio benéfico para a saúde física e mental.  

Cinco sinais de excesso de exercício físico 

1.º Sinal: Dói-lhe tudo, o tempo todo 
Isso acontece quando treina repetidamente o mesmo músculo, ou conjunto de músculos, durante demasiado tempo. Quando faz um treino excessivo, as dores musculares prolongadas podem começar até 12 horas depois do exercício físico e durar até dois dias.  

Se lhe dói tudo, o tempo todo, isso significa que está a exagerar e a esforçar demasiado o corpo. Pode continuar a fazer exercício quando os músculos estão doridos, mas o melhor é focar-se noutro conjunto de músculos. Por exemplo, se lhe doerem as pernas devido à corrida, pode treinar os braços ou os dorsais numa sessão de pesos ligeira.  

Para ajudar a acalmar os músculos doridos, pode beber chá verde, fazer terapia de percussão (uma técnica de massagem que aplica vibração sobre os tecidos moles), aplicar emplastros quentes ou gel para alívio muscular – ou optar simplesmente por um bom descanso. 

Contudo, se ao fim de uma semana a dor teimosa não passar, o melhor é consultar o seu médico, pois pode dar-se o caso de estar a sofrer de mialgia (isto é, dores musculares profundas e generalizadas, que podem provocar dores agudas, ou evoluir para uma infeção).  

Seguro Atividades Desportivas

Por 2,5€/mês tenha acesso a despesas de tratamento até 5 000€ (despesas de tratamento incluídas em caso de acidente, mesmo no estrangeiro); pagamento de indemnizações e despesas, em caso de morte ou invalidez permanente; Rede Desporto e Saúde com serviços a preços convencionados.
seguro atividades desportivas

2.º Sinal: Sente-se constantemente cansado 
Sente-se exausto, como se estivesse doente, mas sem ter sintomas de doença? Sentir um grande cansaço pode ser um sinal de que está a treinar em excesso.   

A fadiga ocorre quando não deixamos o corpo descansar corretamente após sessões repetidas de treino, o que reforça a importância de ter um dia de descanso. Pode sentir-se demasiado extenuado e começar a perder a concentração, o que pode ser perigoso, especialmente se for correr ou andar de bicicleta na estrada.  

Dê tempo suficiente ao corpo para descansar entre treinos pesados e coma adequadamente antes de fazer exercício. O exercício consome as suas reservas de hidratos de carbono, proteínas e gorduras. Se não se abastecer de alimentos saudáveis ricos em hidratos de carbono e proteínas, o seu corpo, inevitavelmente, ficará fatigado. 

3.º Sinal: Não consegue parar de se comparar aos outros 
Vivemos num mundo governado pelos ecrãs, redes sociais e dispositivos a que estamos ligados dia e noite, o que pode ser "uma bênção ou uma maldição", especialmente no que toca ao exercício físico. Há apps que ajudam a manter um registo dos nossos treinos e estado físico, mas se estivermos permanentemente a comparar os nossos resultados com os dos nossos amigos, podemos ser levados a exagerar nos treinos físicos, prejudicando a saúde do corpo e da mente.

De acordo com um estudo sobre a economia digital em Portugal em 2020, “nos últimos anos observa-se o surgimento e crescimento de novos tipos de equipamentos, nomeadamente os smart wearable." Cada vez mais pessoas têm uma ligação intrínseca à tecnologia, registando tudo, desde os treinos ao ritmo da corrida ou ao número de passos dados em cada dia.       

Se uma notificação de uma app lhe estiver a provocar ansiedade, ou se por exemplo fica desapontado porque o seu amigo foi mais rápido, o melhor é dar um passo atrás. O seu treino não é um evento público: é algo pessoal e intransmissível. Isto é válido mesmo que esteja a treinar só pelo estilo. Mesmo que não o publique online, isso não significa que não tenha treinado.  

Se chegar a um ponto em que treina para partilhar nas redes sociais, talvez tenha chegado o momento de fazer uma pausa, de descansar das redes sociais e do mundo digital. A próxima vez que for correr, pergunte a si mesmo se precisa realmente de publicar uma fotografia. Deixe o telemóvel em casa ou desligue as notificações. O mal que estas podem estar a causar ao seu bem-estar não será compensado por uns quantos "likes". 

4.º Sinal: Encara o treino físico com má vontade 
Por vezes, o excesso de exercício físico pode afetar os níveis de hormonas do stresse, deixando-o irritadiço ou com sentimentos negativos em relação ao treino e, consequentemente, incapaz de se recompensar pelo esforço.  

Estas variações hormonais podem provocar agitação ou falta de concentração, fazendo com que não se empenhe no treino e criando ressentimento, especialmente se não tiver um bom desempenho.  

Tire alguns dias para descansar e concentrar-se em si mesmo. Aprenda a elogiar-se, mesmo quando faz apenas uma caminhada ou corrida ligeira. O exercício deve dar-lhe prazer. Quando começa a ser um sacrifício, o melhor é fazer uma pausa. 

5º Sinal: Já não lhe apetece treinar  
O treino excessivo pode conduzir a uma falta de motivação e entusiasmo total. A preocupação constante com a rotina, ou a falta dela, pode levar a uma diminuição dos níveis hormonais e a um desinteresse pelo exercício físico. 
 
É provável que o excesso de exercício físico o esteja a deixar física e mentalmente exausto, e isso impede-o de sentir o prazer que antes sentia. Tente descansar, faça algumas alterações positivas ao seu treino ou encontre oportunidades para fazer exercício noutros momentos do dia. Experimente caminhar, correr, ou andar de bicicleta até ao seu café favorito ou parta à descoberta de novos lugares. Assim, terá vontade de voltar a fazê-lo.
 
E, se isso não funcionar, pode valer a pena experimentar uma nova atividade. Que tal natação? Karaté? Há inúmeras possibilidades. Basta procurar a atividade certa para si e que lhe dá mais gozo. 
 
Respeite seu corpo e seus limites 

Fazer exercício é uma forma de fugir ao quotidiano, que pode ser extremamente benéfica para o seu bem-estar físico e mental, desde que realizada corretamente.   

Não é sinal de fraqueza descansar um dia, e o mesmo se pode dizer de desligar as redes sociais ou as apps que monitorizam o seu progresso. Você conhece melhor do que ninguém o seu corpo. Trate-se bem e descubra o seu formato de treino ideal. Acredite que vai compensar.  

O exercício é importante para manter uma boa saúde física. Mas lembre-se: a moderação é fundamental, não só para evitar lesões como para proteger o seu equilíbrio mental. Infelizmente, mesmo quando o treino físico é adequado e responsável, podem acontecer lesões. Proteja-se das consequências adversas do excesso de exercício físico com o seguro de Atividades Desportivas da Tranquilidade e garanta o reembolso das despesas necessárias para o seu tratamento.

SAIBA MAIS SOBRE


PARTILHAR

seguro vida mais protect

SEGURO VIDA MAIS PLANO PROTEÇÃO

Garanta um futuro protegido

Saber Mais
vidatranquila horizontal

SINTOMAS DO CANCRO QUE PODEM AJUDAR NO DIAGNÓSTICO

Saber mais
seguro-de-vida-e-seguro-de-saude-as-diferencas-no-apoio-em-caso-de-cancro-2