Valor_equipa_logo 

 

 

"Os colaboradores são a nossa força"

 

Na Tranquilidade todos nós constituímos uma equipa que partilha conhecimentos, objetivos e uma mesma missão.

  • Ação de Voluntariado Convento dos Cardaes

     

    No âmbito de uma causa de responsabilidade social, Colaboradores da Tranquilidade e da Açoreana associaram-se a uma Instituição de Solidariedade Social, que acolhe jovens adultas com necessidades especiais e sem apoio familiar, o Convento dos Cardaes.

    Durante o mês de novembro de 2016, as equipas de voluntários foram responsáveis pela preparação e empacotamento dos cabazes com os produtos  produzidos na íntegra por aquela instituição.

    "Foi muito bom contar com a fantástica adesão e colaboração dos voluntários que se dedicaram ao trabalho de coração e com muita alegria" referiu uma  Responsável da Instituição.


     

     

  • Operação Make-A-Wish - Tranquilidade faz crianças felizes

     

     

     

    Valorizando o impacto social que a Tranquilidade tem na comunidade em que se insere, o donativo de Natal 2015 foi atribuído à Make-A-Wish. Esta Associção internacional tem como missão realizar desejos de crianças e jovens com doenças graves, degenerativas ou malignas e está em Portugal desde 2007. Com parceria com os serviços de pediatria de todos os hospitais distritais do nosso país, a Make-A-Wish tem como Embaixadores Paula Lobo Antunes, Pedro Lima, Cláudia Vieira, Dani e e David Carreira e conta com 230 voluntários.

     

    A Make-A-Wish já realizou 630 desejos e tem 100 em lista de espera. O donativo agora entregue pela Tranquilidade irá permitir concretizar 4 desejos, num processo em que os colaboradores da Companhia terão também um papel importante. Os desejos podem ser classificados em 4 categorias: gostava de conhecer/gostava de ter/gostava de ser /gostava de ir.

     

     

    Business Challenge Tranquilidade/Make-A-Wish

     

    Solidariedade e trabalho de equipa

     

    Os colaboradores da Tranquilidade foram convidados a participar neste projeto e rapidamente se mobilizaram as 4 equipas para a realização dos 4 desejos. Cada equipa recebe a ficha de perfil, que identifica a criança, o seu desejo e o seu enquadramento familiar e clínico, e prepara uma proposta que detalhe a logística, os meios, os participantes, o planeamento e o orçamento necessários para o objetivo definido. Solidariedade, trabalho de equipa e generosidade da equipa Tranquilidade levarão a felicidade a 4 crianças.

     

  • Tranquilidade veste causa da MSV

     

    A Tranquilidade voltou a promover em 2016, no dia 19 de maio, nas suas instalações – Sede e Centro Cultural e Desportivo - a campanha de t-shirts da MSV - Movimento ao Serviço da Vida, uma organização com vários projetos de apoio social. Ao comprar uma t-shirt, os colaboradores da Companhia "vestiram" esta importante causa.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    O valor angariado destina-se à Casa das Cores, um centro de acolhimento temporário para crianças e jovens e risco, onde a MSV está empenhada em conseguir avançar com a ampliação de instalações, que atualmente tem capacidade para 12 utentes.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • Tranquilidade entrega donativo às Aldeias de Crianças SOS

     

     

    A Tranquilidade voltou a converter o valor que tradicionalmente era usado para comemorações de Natal internas num donativo de 8.000 euros para as Aldeias de Crianças SOS em Portugal.

     

    Esta é a maior organização não governamental internacional focada nas crianças e tem como missão cuidar, em família, de crianças desprotegidas, que não podem estar com as famílias biológicas. Há 50 anos no nosso país, as Aldeias SOS, em Bicesse (Cascais), na Guarda e em Gulpilhares (Gaia), são a família de 125 crianças, acompanham mais de 70 crianças e jovens em situação de risco, atuando na prevenção da institucionalização, e apoiam cerca de 100 crianças carenciadas através da sua Loja Solidária. A organização conta ainda com um Centro de Jovens em Rio Maior e apartamentos de autonomia.

     

    Para além de dotar as crianças e jovens de ferramentas que lhes permitam um futuro financeiramente autónomo, as Aldeias SOS trabalham também para que tenham competências emocionais para recriarem as suas próprias famílias. O apoio em psicoterapia exterior é um recurso que quase todas as crianças necessitam neste caminho. A verba agora dada pela Tranquilidade irá permitir assegurar o pagamento das consultas semanais durante um ano a 10 crianças e jovens.

     

    Em cerimónia realizada no dia 19 de dezembro na sede da seguradora, a comissão executiva da Tranquilidade entregou o donativo à vice-presidente da Associação de Aldeias de Crianças SOS, que agradeceu à Companhia e, muito particularmente, aos colaboradores este gesto de partilha, fundamental para a continuidade do projeto.

  • Operação Nariz Vermelho – Colaboradores da Tranquilidade angariam perto de 20 mil euros

     

     

     

    A Tranquilidade envolveu os seus colaboradores numa campanha de responsabilidade social destinada a angariar fundos para a Operação Nariz Vermelho, uma organização que tem como missão assegurar um programa de intervenção dentro dos serviços pediátricos, através da visita de palhaços profissionais.

     

    Os Doutores Palhaços visitaram a Tranquilidade, em Lisboa e no Porto, e com a sua natural alegria convidaram cada colaborador a vender 10 narizes aos seus familiares e amigos. O balanço é excelente: foram angariados 19.110 euros, provando-se mais uma vez o valor da Equipa Tranquilidade.

     

     

     

    Levar alegria às crianças hospitalizadas

     

    O principal propósito da Operação Nariz Vermelho é assegurar de forma contínua a visita de palhaços profissionais aos serviços pediátricos dos hospitais portugueses. Estes artistas, têm formação especializada no meio hospitalar e trabalham em estreita colaboração com os profissionais de saúde, realizando atuações adaptadas a cada criança e a cada situação.

     

    Atualmente estão garantidas visitas semanais, durante 42 semanas por ano, aos 12 hospitais abrangidos pelo programa. A equipa de artistas é constituída por 22 Doutores Palhaços e nos bastidores trabalham 8 profissionais.