PARTILHAR
SAIBA MAIS SOBRE

O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

O que o seu seguro de saúde pode fazer por si

Normalmente, um seguro de saúde cobre o custo com cuidados médicos desde os mais inesperados (que podem ter custos elevados como as cirurgias/tratamentos) até aos mais recorrentes como consultas e exames. Os custos e tipos de cuidados médicos abrangidos dependem das coberturas/garantias incluídas na opção de seguro.  

Como é que os seguros de saúde funcionam?

Na terminologia do mundo dos seguros, qualquer hospital, clínica, médico, laboratório, profissional de saúde ou farmácia que trata o indivíduo designa-se de “prestador”. Já a “pessoa segura” é quem detém o seguro ou a pessoa que beneficia de determinada cobertura. A pessoa segura pode pagar do seu bolso e depois ser reembolsada ou pagar um valor estipulado (copagamento) ao prestador, de acordo com as condições do contrato.  

Como escolho o melhor seguro para mim? 

Deverá analisar atentamente as várias coberturas para decidir qual a melhor para si. As pessoas têm diferentes necessidades, por isso, aconselhamos a fazer uma simulação, ou a entrar em contacto com um agente Tranquilidade para que veja todas as suas dúvidas esclarecidas.  

É possível ter um seguro de saúde de família? 

Sim, é possível. Para isso, é necessário que a pessoa segura identifique os seus familiares enquanto pessoas seguras – sendo válido apenas para cônjuge/equiparado ou descendentes.  

Que fatores devo ter em consideração?

Abaixo enumeramos alguns fatores que deve ter em atenção quando contratar um seguro de saúde: 
  • Preço: Geralmente, o preço do seguro é um dos fatores que os clientes mais valorizam quando aderem a um seguro de saúde. Alguns dos fatores que pesam no preço do seguro de saúde são a idade da pessoa segura, as coberturas/garantias contratadas e os respetivos limites e capitais, e a existência ou não de fatores de agravamento, como o estado de saúde agravado. 
  • Coberturas/garantias: Definem o tipo de despesas que podem ser financiadas pelo seguro de saúde, como por exemplo: hospitalização, onde são incluídas as despesas de cirurgias e internamentos; ambulatório, que inclui despesas com consultas, pequenas cirurgias sem internamento, exames e tratamentos; estomatologia, para as despesas com tratamentos dentários, entre outras. Na escolha do seguro deve avaliar que despesas médicas tem habitualmente e quais pretende que o seu seguro de saúde passe a financiar. 
  • Limites e Capitais: As diversas opções de seguros de saúde apresentam sempre um valor por cada garantia, que será o limite máximo de financiamento de despesas médicas que possam ocorrer.  
  • Idade máxima de permanência: Este critério determina até que idade o seguro pode ser renovado.   
     
Na Tranquilidade, encontra um seguro de saúde com diferentes níveis de proteção, para que possa escolher a opção mais adequada às suas necessidades - por um valor de referência mínimo de 7€ por mês. Ainda, saiba que pode usufruir de descontos por número de aderentes (até 15%, se incluir 5 ou mais pessoas). 
 
Um seguro de saúde garante, a si e à sua família, o acesso a uma ampla rede de prestadores de saúde.
SAIBA MAIS SOBRE
PARTILHAR

SEGURO VIDA MAIS PLANO PROTEÇÃO

Garanta um futuro protegido

Saber Mais
vidatranquila horizontal

SINTOMAS DO CANCRO QUE PODEM AJDAR NO DIAGNÓSTICO

Saber Mais
seguro-de-vida-e-seguro-de-saude-as-diferencas-no-apoio-em-caso-de-cancro-2