O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Corre ou anda de bicicleta? Então precisa de um seguro de acidentes pessoais

 

É daquelas pessoas que não consegue ficar quieta? Adora desporto e ar livre? Então, precisa de subscrever um seguro de acidentes pessoais. Está exposto a um risco maior e é fundamental que se previna face aos imprevistos que estão à espreita. Um seguro de acidentes pessoais protege-o a si e à sua saúde, não esquecendo o futuro da sua família.

 

Conheça as histórias do Manuel, da Inês e do João
Manuel nunca foi um grande desportista. No entanto, por causa dos filhos, habituou-se a aproveitar os fins de semana para conhecer os inúmeros passeios marítimos de Lisboa. Assim que os filhos tiveram a primeira bicicleta de rodinhas obrigavam-no a segui-los. Um dia, para impedir que fossem embater num muro, acabou por cair. O passeio daquele dia acabou no hospital.

 

Há 7 anos, Inês descobriu o gosto pela corrida. Começou por piada e para se preparar para o verão. Quando deu por isso, estava viciada e não conseguia passar sem uma estrada à sua frente e umas sapatilhas nos pés. Fizesse sol, chuva, frio ou calor. Até que, por causa de um tropeção num passeio mal calcetado, esteve três meses no "estaleiro".

 

João sempre andou de bicicleta. Passava os fins de semana à procura de percursos escondidos que ligassem Cantanhede, a sua terra natal, à praia de Mira. Aos poucos criou um grupo de amigos que se habituaram a pedalar juntos. O problema foi quando, aos 42 anos, uma queda aparatosa o deixou com problemas nas costas. Além de uma intervenção cirúrgica e de uma recuperação demorada, acabou por estar quase seis meses de baixa no emprego.

 

Nunca houve tantos portugueses a mexerem-se
Será que estes casos têm algo em comum consigo? É provável que a resposta seja afirmativa. Felizmente, o número de portugueses com uma vida ativa e hábitos saudáveis é cada vez maior. Há cerca de meio milhão de portugueses que corre com regularidade. Em 2016, 40% dos quatro milhões de agregados familiares existentes em Portugal tinham, pelo menos, uma bicicleta.
A adoção de um estilo de vida ativo é louvável. A prática desportiva faz bem à saúde, física e mental, e desenvolve relações sociais. No entanto, e não há como escapar a esta realidade, expõe os seus praticantes a riscos maiores.

 

 

Sabia que a Tranquilidade tem um simulador do Seguro de Acidentes Pessoais Sempre Seguro à sua disposição? Saberá quanto terá de pagar para ter uma proteção à sua medida num instante!

 

A importância de um seguro de acidentes pessoais
"Há demasiados acidentes que podem ocorrer sobre uma vida no planeta Terra" e, por isso, o mais provável é que, mais tarde ou mais cedo, um deles ocorra mesmo. Esta afirmação pertence a Stephen Hawking e deve servir como sinal de alerta. Uma atitude desmesuradamente otimista, de que nada de mal vai acontecer, está desfasada da realidade.
Em 2016, registaram-se mais de 42 mil sinistros de acidentes pessoais em Portugal. Por isso, ignorar este problema e optar por não se prevenir não é a atitude ideal.
Um seguro de acidentes pessoais como o AP Sempre Seguro da Tranquilidade dá-lhe a segurança de saber que estará protegido contra os imprevistos do dia-a-dia. Se precisar de um tratamento hospitalar porque torceu um pé como a Inês, poderá contar com a cobertura de despesas de tratamento para ajudar na recuperação.
Além disso, há coberturas que incluem a possibilidade de receber um subsídio diário por incapacidade para o exercício da sua atividade profissional. Assim, caso um acidente resulte num período de inatividade, vai conseguir compensar eventuais perdas de rendimento. Se o acidente causar morte ou invalidez da pessoa segura, ainda tem a possibilidade de receber um capital inicial que ajude a família a lidar com as despesas imediatas e de receber uma renda mensal durante os cinco anos seguintes.

 

 

Desta forma, estará a proteger a segurança e o futuro da sua família.

 

Como vê, não precisa de deixar de ter uma vida ativa e de fazer o que mais gosta para se proteger contra os acidentes que podem acontecer. A melhor solução é prevenir-se a tempo e concentrar-se em continuar a testar os seus limites e bater os seus recordes.

A informação desta página foi útil?