O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

7 ciclovias, ecovias e percursos para explorar Portugal de bicicleta

 

Junto ao mar, à beira dos rios ou pelas serras, é possível encontrar, pelos caminhos de Portugal, dezenas de ciclovias, ecovias, ecopistas e outros percursos para descobrir o país em duas rodas. Conheça as nossas sugestões, prepare as bicicletas e dê ao pedal. Prometemos que não se vai desiludir.

 

1. Ecopista do Minho
O ramal ferroviário que ligava Valença a Monção foi desativado e, no seu lugar, nasceu uma ecopista perfeita para passeios de bicicleta. Ao todo, são 22 quilómetros para pedalar junto a vinhedos, campos de cultivo e património edificado da região.

Ao longo do caminho pode deleitar-se com os miradouros com vista privilegiada para o rio Minho e para as veigas adjacentes. Pode ainda aproveitar para se refrescar e ir a banhos nas praias fluviais que encontrar pelo caminho.

A não perder: A fortaleza de Valença que consiste em mais de cinco quilómetros de muralhas, localizadas numa das colinas da margem esquerda do Rio Minho.

 

2. Ecovia do Rio Lima
Tal como o nome indica, esta ecovia estende-se ao longo das margens do Rio Lima, passando pelos concelhos de Viana do Castelo, Ponte de Lima, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez.

A Ecovia do Rio Lima é constituída por cinco troços: o percurso das Veigas, o percurso dos Açudes, o percurso das Lagoas, o percurso da Laranja e, por fim, o percurso do Ermelo. Ao todo, são quase 40 quilómetros que podem ser percorridos de bicicleta e nos quais pode descobrir algumas das mais belas vilas minhotas e desfrutar da natureza.

A não perder: Ponte sobre o Rio Lima, em Ponte de Lima, formada por dois troços distintos: um romano e outro medieval.

 

3. Ecopista do Dão
Com uma extensão de 49,2 km, a Ecopista do Dão liga Santa Comba Dão a Viseu e é considerada uma das maiores e mais bonitas ecopistas de Portugal. Onde outrora circularam locomotivas a vapor, agora é possível apreciar a espetacular paisagem de bicicleta, que ladeia os rios Dão e Mondego e é envolvida pelas serras da Estrela e do Caramulo.

Além da beleza natural, um dos pontos mais fortes deste percurso é o pavimento linear e, por isso, fácil de ser pedalado por toda a família. A Ecopista do Dão faz parte da Rede Nacional de Ecopistas e está dotada de estruturas de apoio e sinalizada em todo o percurso.

A não perder: As antigas estações e apeadeiros da Ecopista, com destaque para Estação de Torredeita, onde pode encontrar uma antiga locomotiva a vapor.

Circule em segurança! Proteja a sua saúde e a da sua carteira com o Seguro de Bicicleta, que garante proteção enquanto dá ao pedal. As coberturas incluem assistência em viagem, proteção do condutor em caso de acidente de viação com utilização da bicicleta e responsabilidade civil para danos que possa causar noutros veículos ou pessoas, consoante a opção escolhida, em acidentes ocorridos em Portugal e Espanha.

 

4. Ciclovia da Estrada Atlântica
No centro de Portugal encontra a maior pista de bicicletas do país, constituída por diversos percursos que, ao todo, perfazem cerca de 62 quilómetros. A ciclovia da Estrada Atlântica atravessa quatro concelhos do distrito de Leiria: Marinha Grande, Alcobaça, Pombal e Nazaré.

A não perder: A Capela dos Pescadores, na Praia da Vieira, um dos poucos exemplos de edifícios religiosos feitos em madeira.

 

5. Ciclovia do Guincho - Cascais
Em Cascais, uma das zonas mais bonitas e cénicas dos arredores de Lisboa, encontra a ciclovia do Guincho. É a mais antiga ciclovia deste concelho e também a mais procurada pelos ciclistas.

São cerca de nove quilómetros, que começam na Marina de Cascais e terminam na praia do Guincho, percorridos quase exclusivamente em paralelo ao mar. O cenário não podia ser mais agradável: de um lado, o oceano, a praia e as arribas e, do outro, o Parque Natural Sintra-Cascais.

A não perder: O Farol da Guia, um dos faróis mais icónicos de Portugal, onde pode desfrutar de uma vista privilegiada para o oceano.

 

6. Ecopista Ramal de Mora
Mais uma linha de caminho-de-ferro encerrada há vários anos e que foi convertida num percurso pedonal e ciclável. A ecopista Ramal de Mora tem cerca de 40 quilómetros de extensão e liga Évora a Arraiolos, no antigo apeadeiro de Vale de Paio.

A não perder: Solar do Monte da Sempre Noiva, classificado como Monumento Nacional, uma das poucas casas em estilo manuelino que não desapareceu.

 

7. Ecovia do Litoral
No total, são cerca de 214 quilómetros, que vão desde o Cabo de S. Vicente, em Sagres, até Vila Real de Santo António, por caminhos próximos do mar e que atravessam doze concelhos do litoral algarvio. A ecovia é composta por ciclovias já existentes, estradas rurais e caminhos paralelos à Estrada Nacional 125.

A Ecovia do Litoral integra a Rede europeia Eurovélo, a rede de rotas cicláveis do continente europeu. É um trecho da Rota da Costa Atlântica (Rota nº 1) que liga Sagres, no extremo sudoeste da Europa, ao Cabo Norte, na Escandinávia.

A não perder: São 214 quilómetros quase todos junto ao mar. Que tal um mergulho numa das praias por onde passará?

A informação desta página foi útil?