Guia para encontrar o melhor seguro automóvel

 

 

Quantas vezes olhou com atenção para a apólice do seu seguro automóvel? Se vai fazer um seguro do seu carro pela primeira vez, não tem que responder. Se está a pensar mudar, a resposta deveria ser "muitas". A verdade é que escolher o melhor seguro automóvel para si é uma decisão que merece atenção redobrada e conhecimento.

 

Selecionar um seguro para o carro é como formar um puzzle de coberturas, escolher o grau de parceria com o segurador e preparar o terreno para conduzir descansado. Se está à procura de garantir o nível certo de proteção e o melhor seguro automóvel possível, estas são as perguntas que deve considerar e falar com o seu mediador.

 

 

1 - O que é mesmo obrigatório?

 

Em Portugal, a legislação obriga a que todos os veículos a motor e os seus reboques tenham de ter um seguro de responsabilidade civil. É este seguro que garante o pagamento de indemnizações por danos corporais e materiais causados a terceiros e às pessoas transportadas, com exceção do condutor do veículo.

 

Os capitais mínimos legais de cobertura:

  • 6 070 000 euros, para danos corporais (ligados à vida e à saúde)
  • 1 220 000 euros, para danos materiais

 

2 - Como me posso proteger mais?

 

Segundo os números do Portal do Governo, em 2017 houve mais de 130 mil acidentes de viação, uma preocupação de condutores e famílias.

 

Os acidentes de viação não devem ser a única inquietação. Além de poder elevar o montante de proteção da responsabilidade civil é possível criar um melhor seguro automóvel com prevenção superior. Veja quais são as coberturas mais frequentes e as que fazem mais sentido para o seu seguro.

 

 

Proteção do seu carro

 

Quebra de vidros

 

Garante a indemnização dos danos provocados nos vidros do seu carro, seja por motivos de acidente ou não.

 

Incêndio, raio e explosão

 

É uma cobertura facultativa, mas que pode estar na memória de muitos, depois do incêndio que fez arder centenas de automóveis no Festival Andanças. Se quer garantir mais descanso e proteção, esta pode ser uma cobertura a incluir no seu seguro por um acréscimo ligeiro do preço a pagar (prémio).

 

Furto ou roubo

 

Cobertura que garante os danos provocados ao carro ou a sua perda em caso de furto ou roubo ou tentativa de furto ou roubo.

 

Choque, colisão e capotamento

 

Garante os prejuízos sofridos pelo seu carro, ainda que o condutor seja o responsável pelo acidente, que tenham origem em embates na estrada ou quando está imobilizado.

 

Fenómenos da natureza e atos de vandalismo

 

Estas são duas coberturas que estão associadas a uma maior segurança e que dependem de fatores externos. No caso da natureza, cobre as consequências de chuvas torrenciais, enxurradas e ventos fortes. No caso de vandalismo, garante o pagamento dos danos no veículo feitos por outras pessoas, por exemplo, em situações de greve ou manifestações.

 

 

Proteção das pessoas

 

Proteção dos ocupantes e condutor

 

Garante indemnizações pelos danos pessoais dos ocupantes do veículo seguro, independentemente da responsabilidade pelo acidente. Em algumas seguradoras, os animais domésticos podem estar incluídos ou não.

 

Proteção especial do condutor

 

Sabia que, em caso de acidente por culpa sua, o SNS não cobre as suas despesas hospitalares. Esta é uma cobertura facultativa que protege o condutor e o indemniza em caso de morte, invalidez e despesas de tratamento. Poucas seguradoras incluem despesas de tratamento para animais domésticos. Se tiver um cão ou um gato, certifique-se de que ele fica protegido

 

O seu mediador pode ajudá-lo a encontrar o seu nível de segurança.

 

 

3 - Qual a assistência à minha medida?

 

O preço do seu seguro e a sua comodidade também se decidem nos momentos de infortúnio. Em caso de sinistro, qual o serviço que o ajuda mais e responde às suas necessidades? Há diferentes níveis de assistência, de viaturas de substituição e muitas condições que podem fazê-lo optar por uma ou outra cobertura. Por exemplo, veja se a assistência cobre furo nos pneus ou se está contemplada uma viatura de substituição para os riscos que mais o preocupam. Esclareça, também, se o seu seguro responde por atrasos na assistência, indemnizando-o sempre que aconteça e em que circunstâncias.

 

4 - Como quero dividir as despesas com o seguro?

 

Outro fator determinante no momento de encontrar o melhor seguro automóvel está ligado à franquia. Isto é, a importância que fica a seu cargo em caso de sinistro e que pode ser em montante ou percentagem. A franquia permite, de facto, reduzir o prémio do seguro, mas aumenta os custos de reparação dos danos a seu cargo ou o valor de indeminização a suportar, em caso de sinistro.

 

Dois caminhos para escolher a sua franquia:

  • Uma condução mais frequente significa uma maior probabilidade de acidente, logo poderá optar por uma franquia mais reduzida. Se utiliza menos o veículo, a opção pela franquia elevada é mais pertinente.
  • Uma maior disponibilidade financeira e de poupanças pode permitir maior folga para franquia mais elevada.

 

5 – Há mais pistas para o melhor seguro automóvel para mim?

 

Para saber qual será o seguro mais vantajoso para a sua proteção, tenha, portanto, em atenção o preço da cobertura obrigatória e das opcionais, os riscos cobertos e os não cobertos, a franquia e o seu impacto no preço, as penalizações e bonificações do prémio, os países onde é válido o seguro, entre outros critérios, mas analise também os resultados de inquéritos de satisfação dos clientes para o ajudar na decisão.

 

Faça simulações, fale com o seu mediador e recolha todas as informações porque o seguro deve ser uma relação de confiança para a vida. Na estrada e fora dela.