PARTILHAR
SAIBA MAIS SOBRE

O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Como criar um espaço próprio quando se vive com os pais?

Estudos em todo o mundo revelam que, atualmente, jovens adultos vivem mais tempo com os seus pais, sendo que, de acordo com o Eurostat, Portugal tem uma das maiores percentagens europeias. Muitos veem nessa experiência uma excelente oportunidade de poupança enquanto desenvolvem a sua carreira, economizam para objetivos pessoais e conquistam a sua independência financeira.

Mas apesar dos muitos benefícios, tais como os reduzidos encargos financeiros e maior tempo passado com a família, renegociar o espaço de vida próprio como adulto pode revelar-se desafiante. Alguns pais podem ter a expectativa de que o filho responda às mesmas regras que existiam anteriormente, enquanto estudava, o que pode resultar em dificuldades relacionadas com falta de privacidade e de independência. No entanto, é importante conversar e estabelecer as tarefas gerais e afazeres domésticos pelos quais todos serão responsáveis. Tal poderá incluir realizar tarefas em casa ou no jardim, cozinhar regularmente o jantar para a família ou, por exemplo, fazer recados.

De um modo geral, uma das melhores formas de combater potenciais problemas é conversar sobre quais serão as melhores soluções para todos, definir regras e limites, e garantir que todos têm o seu próprio espaço. Eis algumas dicas que podem ajudar.

1. Promova uma discussão construtiva 

Não tenha medo de discutir, detalhadamente, todos os aspetos da situação, incluindo o montante a contribuir em despesas como renda, contas ou custos de alimentação. Para além disso, se está num relacionamento, a sua família aceita que a outra pessoa fique, ocasionalmente, consigo? Embora algumas destas conversas possam ser desconfortáveis, irão ajudar a alcançar uma relação feliz e tranquila, entre todos, a longo prazo.

2. Estabeleça as regras básicas

Uma vez discutidas as necessidades e questões importantes para si e para a sua família, certifique-se de que todos estão alinhados, confirmando as regras básicas e princípios da vida em comum. Esteja preparado para a possibilidade de poderem existir discordâncias e até para a necessidade de ter de renegociar alguns pontos.

3. Dicas práticas de privacidade

Outra das questões a analisar é se vai continuar no seu quarto ou se haverá outro espaço disponível que seja mais privado como, por exemplo, a cave ou o sótão, ou outra parte da casa que tenha a sua própria entrada. Fale com a família sobre os seus horários, a fim de saber quando terá a casa só para si e quando eles a terão para eles – afinal de contas, todos precisam de algum tempo a sós. Se vai partilhar um quarto com mais algum elemento da família, pense em formas que possibilitem manter a privacidade para ambos, como um biombo, cortina ou parede de correr.

Acima de tudo, tente criar uma relação de coabitação com a sua família que inclua o respeito mútuo e o compromisso de não entrarem no espaço uns dos outros sem autorização.

Seguro Vida + Cool
da Tranquilidade

Um seguro desde 7,50€ por mês, direcionado a jovens adultos com mais de 18 anos.

jovens

Quer ainda não tenha saído de casa dos pais ou tenha voltado a viver com eles, ter um seguro de vida é sempre uma boa opção que os deixarão, a si e à sua família, mais tranquilos. O Seguro Vida + Cool da Tranquilidade foi pensado para os jovens adultos ativos e oferece proteção em caso de doença e invalidez.

SAIBA MAIS SOBRE
PARTILHAR

SEGURO AUTO

Segure o seu carro com tranquilidade

Saber mais
vidatranquila horizontal

IUC: SAIBA QUANTO PAGA O SEU CARRO E COMO TRATAR DO PAGAMENTO

Saber mais