PARTILHAR
SAIBA MAIS SOBRE

O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Carros elétricos: guia essencial sobre os novos automóveis

Carros elétricos: tudo indica que o futuro automobilístico será mais silencioso, mais ecológico e mais barato. Para ficar mais informado sobre a nova geração de automóveis, preparámos um guia essencial sobre os carros elétricos em cinco pontos:  

1. Como funciona um carro elétrico e o que o distingue dos outros carros?
2. Que tipo de baterias usam os carros elétricos?
3. Prós e contras dos carros elétricos
4. Perigos e impacto ambiental
5. Qual será o futuro dos carros elétricos?  

A União Europeia quer atingir um impacto neutro no clima até 2050, o que implica uma redução drástica nas emissões de gases com efeitos de estufa. Dado que os transportes rodoviários são responsáveis por quase 70% das emissões desses gases, a UE propôs o fim da venda de carros a combustão para 2035. A grande evolução tecnológica dos veículos elétricos (de energia alternativa) e uma consciência ecológica mais acentuada estão a mudar o panorama: pela primeira vez, as vendas globais de carros elétricos ultrapassaram as dos carros híbridos, que também subiram. Em Portugal, esta tendência também se verifica

1. Como funciona um carro elétrico e o que o distingue dos outros carros? 

Existem três tipos de carros elétricos: 100% elétrico; híbrido em série (tem um motor extra com outro combustível cuja função é carregar as baterias do veículo em andamento); e híbrido plug-in (motor elétrico e motor a combustível). 

Em vez de usar combustíveis fósseis, um automóvel elétrico funciona com uma bateria elétrica. Não tendo motor de combustão, a mecânica é mais simples, requer menos manutenção e torna o carro extremamente silencioso. Ao ponto de, atualmente e por questões de segurança, vir com um dispositivo AVAS – Acoustic Vehicle Alerting System. Além disso, possui um poder de aceleração inicial muito potente e o sistema de travagem regenerativo recarrega a bateria (até certo ponto). Devido à ausência de motor a combustível, o capô frontal é usado como porta-bagagens extra. 

2. Que tipo de baterias usam os carros elétricos? 

As baterias (ou acumuladores) destes automóveis são sistemas de armazenamento de energia assentes em reações eletroquímicas reversíveis. Semelhantes às baterias do telemóvel, mas em grande escala. Um carro elétrico usa múltiplas baterias (denominadas células), armazenadas em pacotes e colocadas entre os eixos do carro, sob o habitáculo dos passageiros. 

Há dois tipos principais de baterias: de iões de lítio (frequentes nos carros 100% elétricos) e de hidretos de níquel-metal (mais vulgares nos híbridos). 

Quanto tempo duram as baterias dos carros elétricos?

As baterias de iões de lítio armazenam o dobro de energia das outras, não viciam e têm uma vida útil de cerca de 8 anos sem manutenção. Na última década, as baterias evoluíram brutalmente o que aumentou a autonomia média dos automóveis elétricos. Por outro lado, o tempo de carga reduziu, dilatando a sua eficiência e ciclo de vida. De acordo com a publicação digital Motor24, um veículo elétrico da primeira geração pode garantir 150 mil quilómetros com uma capacidade de carga superior a 80 por cento. Ou seja, na atual geração de carros elétricos, é pouco provável que precise de substituir as baterias. 

Truques para prolongar a vida útil da bateria: 

A bateria vai perdendo autonomia com o tempo, o que determina o seu fim de vida. Contudo, há truques para cuidar dela:  

  • Evite cargas e descargas completas da bateria e não mantenha o carro elétrico parado durante muito tempo com a bateria toda carregada. 
  • O carregamento com maior potência aumenta a temperatura e pode afetar a longevidade das células da bateria, por isso evite-o, bem como os postos ultrarrápidos. 
  • Adote uma condução económica: mais suave, sem acelerações nem travagens fortes. Se usar menos os pedais, a condução será mais eficiente.  
  • Não estacione ao sol para evitar que o sistema de gestão térmica entre em funcionamento. 
  • Evite carregar sob sol intenso, sobretudo nos carros sem sistema de refrigeração das baterias.
  • O sistema de retenção do carro ajuda a carregar a bateria, portanto, quanto mais o utilizar para travar, maior autonomia terá.  

É possível reutilizar a bateria dos carros elétricos?

Sim. Quando uma bateria de um automóvel elétrico deixa de poder alimentar o veículo, pode contribuir para o sistema de armazenamento de energia numa casa ou edifício. Se a sua casa usar energia renovável (eólica ou solar), também pode emparelhá-la com uma bateria de carro elétrico. Poderá poupar nas contas e reduzir a quantidade de energia que utiliza da rede. 

Qual é a capacidade das baterias dos carros elétricos?  

As baterias variam entre os 30 kWh e mais de 100 kWh. Quanto maior a capacidade, maior a bateria e mais alto o preço do automóvel. Se está a considerar comprar um carro elétrico, escolha um que tenha uma bateria adequada às suas necessidades. Quanto mais frequentes e longas forem as viagens, maior deverá ser a bateria ou terá de a carregar mais frequentemente.  

Os veículos elétricos são alimentados até 80% pela energia da sua bateria, com desperdícios de energia muito reduzidos.

Como se carregam as baterias?   

  • Em casa: Pode usar uma tomada convencional com carregamentos até 10A, mas evite-o porque não estão preparadas para longas sessões de carga (carregar até 100 km de autonomia pode levar 8 horas). A alternativa é investir num home charger, um posto de carregamento doméstico, que diminuirá o tempo de carga e aumentará a segurança.  
  • Num local público: Nos postos da Rede Mobi.E: em estacionamentos, supermercados, áreas de serviço ou hospitais e locais mais privativos, como hotéis e restaurantes. Terá de fazer um contrato com um dos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME). Contudo, já há possibilidade de carregamentos ad-hoc, nos quais o condutor instala uma app, escolhe os meios de pagamento e faz o carregamento.  

Seguro Atomóvel
da Tranquilidade

A Tranquilidade protege e disponibiliza um conjunto de novas assistências exclusivas aos carros elétricos como: assistência por falta de autonomia, proteção de cabos de carregamento e proteção de Home Charger.

automovel

3. Prós e contras dos carros elétricos 

Os carros elétricos percorreram um longo caminho nos últimos anos – e há espaço para mais melhorias. Mas, como em tudo na vida, há benefícios e inconvenientes. 

Prós:  

  • Eficiência energética: Os veículos elétricos são alimentados até 80% pela energia da sua bateria, com desperdícios de energia muito reduzidos. 
  • Custos de manutenção mais baixos: Nos carros elétricos não é necessária a manutenção do motor ou substituição de óleo. Nos 100% elétricos, a utilização dos travões é mínima devido à travagem regenerativa que abranda automaticamente o carro quando se tira o pé do acelerador. 
  • Menor impacto ambiental: Estes automóveis não emitem poluentes dos tubos de escape e não necessitam de tanto combustível (ou nem sequer o usam). 
  • Incentivos fiscais e apoios: Existem incentivos fiscais para as empresas na aquisição e em vários impostos. Há apoios governamentais para a aquisição por particulares e para os carregamentos elétricos.  

  • Contras:  

  • Custo: Embora o custo esteja a diminuir progressivamente, os automóveis elétricos ainda são 10% a 40% mais caros do que um carro a gasolina. 
  • Gama de veículos: A gama de carros elétricos é ainda reduzida, embora esteja a aumentar. 
  • Carregamento: Carregar um automóvel elétrico demora muito mais tempo do que encher um carro com combustível.  

  • 4. Perigos e impacto ambiental 

    As baterias dos veículos elétricos são rigorosamente testadas e os fabricantes levam a segurança muito a sério. As baterias estão bem protegidas contra impactos e há sistemas de corte de energia para a bateria em caso de impacto. 

    Relativamente ao impacto ambiental, a bateria que já não alimenta um carro elétrico pode ser removida e utilizada para armazenar energia - solar ou fora da rede elétrica - para abastecer a sua casa de forma mais eficiente. 

    5. Qual será o futuro dos carros elétricos? 

    Alguns desenvolvimentos tecnológicos significativos estão a empurrar os auto elétricos para a linha da frente. Quanto mais carros elétricos se produzem, menores os custos de produção de baterias, o que torna estes veículos mais acessíveis. Considerando que a bateria é o componente mais caro do veículo elétrico, este tipo de automóvel está a tornar-se mais acessível às massas. Além disso, há cada vez mais estações de carregamento, aumentando a possibilidade de acesso a vários tipos de carregamento. 

    Seguro Atomóvel
    da Tranquilidade

    87% dos clientes que passaram por um sinistro recomendam o nosso seguro. Fonte: Inquérito de satisfação, 2019

    automovel

    Os veículos elétricos não são uma tendência passageira. Tornam-se mais acessíveis a cada ano e os grandes entraves à compra destes automóveis (autonomia limitada e custo elevado do veículo) têm vindo a ser resolvidos. Tal como o mercado automóvel se tem vindo a adaptar a esta nova realidade, também a Tranquilidade cuidou dos interesses dos seus clientes. Agora, as novas assistências exclusivas para carros elétricos do Seguro Automóvel da Tranquilidade incluem:  

    • Assistência por falta de autonomia
    • Veículo de combustão para deslocações urgentes
    • Proteção de cabos de carregamento 
    • Proteção de Home Charger 
    • Transporte do veículo ou aluguer de automóvel de substituição  

    Conduza protegido, ao sabor de um futuro que já se vive hoje. 

    SAIBA MAIS SOBRE
    PARTILHAR
    saiba quanto paga o seu carro de iuc

    SEGURO AUTO

    Segure o seu carro com tranquilidade

    Saber mais
    vidatranquila horizontal

    IUC: SAIBA QUANTO PAGA O SEU CARRO E COMO TRATAR DO PAGAMENTO

    Saber mais
    saiba quanto paga o seu carro de iuc e como tratar do pagamento