O blogue que faz da prevenção e da inspiração o seu dia a dia.

Acidentes domésticos: quais os mais frequentes e como se proteger

 

"Lar, doce lar". Se a casa é um porto de abrigo, ela é também a maior fonte de acidentes domésticos e de lazer. As crianças e os idosos merecem especial atenção, mas o cuidado e a prevenção devem acompanhar todos os elementos da sua família. Conheça os principais acidentes que acontecem nas suas rotinas e mantenha-se sempre seguro.

 

Os acidentes domésticos mais frequentes
De acordo com os dados mais recentes, acontecem em média cerca de 8 804 acidentes domésticos e de lazer por ano em Portugal. E sabe qual é o acidente que atinge mais as famílias em casa? Os números, da autoria do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), mostram que as quedas são os acidentes mais comuns, quase 70% da totalidade.

 

Na lista estão também situações de acidente como as que resultam de ter sido atingido por algum objeto, cortes, esforço exagerado ou queimaduras. Infortúnios que fazem parte de más memórias de muitos portugueses.

 

Acidente % de ocorrência
Queda 68,8%
Atingido por algum objeto 14,2%
Compressão ou corte 8,7%%
Esforço exagerado 3,3%
Corpo estranho em orifício natural 2,2%
Queimadura 1,3%
Intoxicação 1,3%
Outro 0,1%

Fonte: INSA.

 

As quedas podem acontecer em momentos perfeitamente normais do dia a dia. Se tem filhos, deve estar familiarizado com mais receios. Brinquedos no chão e a falta de percepção do perigo são a receita para uma queda de um adulto. Mas não são só os brinquedos das crianças que podem contribuir para quedas: pode acontecer a subir ou descer escadas ou escorregando num chão acabado de lavar.

 

Aliás, logo a seguir à intoxicação, a queda é a principal causa de internamento na sequência de um acidente doméstico. E em idades mais avançadas é preciso ter especial atenção a este tipo de acidente doméstico.

 

Onde acontecem os acidentes domésticos e de lazer
Se já passou por uma situação de acidente com as pessoas da sua família, lembra-se onde aconteceu? Os números mostram que o mais provável é ter acontecido em casa. De facto, é nesse espaço que acontecem quase metade (46,1%) dos acidentes domésticos e de lazer em Portugal.

 

A outra metade divide-se por oito espaços, que vão desde o ar livre até à escola ou a áreas desportivas.

 

Local onde acontece o acidente % de ocorrência
Casa 46,1%
Ar livre 18,3%
Escola 15,6%
Área de transporte 6,6%
Outro 4,1%
Outro 3,4%
Área desportiva 3,2%
Área de comércio/serviços 1,7%
Local de trabalho/campo 1,1%

Fonte: INSA.

 

Como pode prevenir os acidentes

 

> Quedas de idosos
Se toda a família está exposta aos perigos, as crianças e os idosos estão mais vulneráveis. Segundo o relatório do INSA, são as crianças até aos 14 anos e as pessoas com mais de 65 anos que sofrem a maior parte dos acidentes.

 

Por terem dificuldades visuais, fraca mobilidade ou até reflexos menos rápidos, as quedas de idosos são muito frequentes. De resto, é a partir dos 75 que o número de internamentos devido a acidentes domésticos aumenta.

 

Mas existe forma de reduzir o risco de acidente com pessoas idosas. Para isso, é importante ter especial atenção à forma como organiza o espaço da sua casa. Siga estes conselhos da Direção-Geral de Saúde:

  • Mantenha sempre uma boa iluminação
  • Evite deixar tapetes soltos no chão
  • Faça marcas visíveis no primeiro e último degrau das escadas
  • Não deixe fios elétricos e de telefone desprotegidos

 

Nos quartos:

  • Posicione os interruptores perto da cama para evitar que a pessoa se levante às escuras
  • Tenha uma cama com altura suficiente para que seja fácil apoiar os pés no chão quando a pessoa se senta
  • Procure fixar a mesa de cabeceira, para que não se mova caso a pessoa se apoie nela

 

Na casa-de-banho:

  • Garanta um piso antiderrapante
  • Em caso de necessidade, instale barras de apoio na zona do chuveiro e da sanita
  • Tenha espaço útil suficiente para duas pessoas

 

Na sala:

  • Tenha sofás e poltronas confortáveis e que facilitem os actos de sentar e levantar
  • Não coloque tapetes por baixo da mesa da sala jantar e deixe um espaço à volta da mesa para a movimentação das pessoas

 

Na cozinha:

  • Os armários não devem ficar em locais muito altos
  • Evite colocar peso nas portas do frigorífico

 

> Acidentes domésticos com crianças
As crianças também são vulneráveis a acidentes domésticos e é importante os pais estarem atentos e tentarem preveni-los. Nesse sentido, comece por estes 7 passos para prevenir acidentes comuns com os seus filhos ou outras crianças:

  • As escadas dentro de casa devem ter corrimão e ser antiderrapantes e, nos casos de crianças mais pequenas, ter proteções que impeçam a criança de aceder à escada
  • Varandas e janelas devem ter grades ou redes de proteção
  • As tomadas devem estar protegidas
  • A criança não deve ter fácil acesso a objetos cortantes ou pontiagudos, como facas, tesouras ou chaves de fendas
  • Não deixar crianças sozinhas na cozinha. Pode sempre haver alguma coisa ao lume ou um bico do fogão que ficou ligado sem querer
  • Os cabos das frigideiras devem ficar sempre virados para dentro, para evitar que a criança lhes consiga chegar
  • O ferro de engomar não deve ficar ligado com o fio desenrolado ou num local fácil de alcançar

 

E se compra online brinquedos regularmente, tenha estas indicações da APSI em conta. Manter os seus filhos em segurança começa por comprar os brinquedos seguros e adequados.

 

A proteção ideal para lidar com imprevistos
Mesmo com todos os cuidados, os acidentes domésticos podem acontecer, seja em que idade for. Junte às medidas de prevenção a proteção de um seguro. O Seguro Acidentes Pessoais da Tranquilidade tem coberturas muito abrangentes e que se adaptam a cada fase da vida, incluindo ainda um serviço de assistência em qualquer parte do mundo para ajudar a ultrapassar as adversidades decorrentes de um acidente de uma forma mais fácil.

 

O primeiro módulo destina-se a pessoas até aos 24 anos. O segundo é para quem tem entre 25 e 64 anos. O último destina-se a pessoas a partir dos 65 anos. Em qualquer um deles existe a possibilidade de adicionar o Módulo de Desporto, que o protege numa variedade de práticas desportivas amadoras. Uma cobertura a pensar nos momentos de azar em que se magoa a andar de bicicleta ou a trocar bolas num court de ténis.

 

E se juntar a família neste seguro beneficia de um desconto até 10% dependente do número de aderentes. Para que todos estejam mais descansados e possam enfrentar eventuais acidentes domésticos mais facilmente.

A informação desta página foi útil?